No passado, tivemos grandes navegadores. Álvares Cabral descobriu o Brasil, Vasco da Gama chegou à Índia por mar, Fernão de Magalhães deu a volta ao mundo. Orientaram-se pelas estrelas. Hoje usamos satélites. Em vez de luz, estes emitem sinais rádio. Mais, fotografam o nosso planeta. Estes satélites permitem observar e medir o nosso planeta todos os dias. Com eles medimos algumas das mais pequenas modificações no nosso planeta. Podemos observar o movimento de placas tectónicas, o crescimento de vulcões, a evolução de caudais fluviais, as alterações na atmosfera, a variação do nível médio oceânico, o balanço de massa gelada polar, os movimentos do pólo e a rotação terrestre, o campo gravítico e o geóide. Descobrir o nosso planeta é hoje mais fácil com este tipo de satélites.

Gonçalo Nuno Delgado Prates, Engenheiro Geógrafo

PhD Geodesia e Geofísica

Departamento de Engenharia Civil

Campus da Penha, 8005-139 Faro

 

Endereço de correio electrónico: